Ocorrência de internações por condições sensíveis à atenção primária (ICSAP) no município de Campinas, São Paulo: associação com os atributos necessários a atenção primária.

  • Marcia Regina Campos Costa da Fonseca São Leopoldo Mandic
  • Laura Alejandra Matulevich Santana
  • Maria Eduarda Ribeiro Rojo Faculdade São Leopoldo Mandic
Keywords: Atenção Primária a Saúde. Avaliação de Serviços de Saúde; Indicadores de Qualidade em Assistência à Saúde. Hospitalização.

Abstract

Introdução: As Internações por Condições Sensíveis à Atenção Primária (ICSAP) são um indicador indireto da efetividade do primeiro nível de atenção à saúde. Objetivo: Analisar a ocorrência de ICSAP e verificar a associação, nas unidades de saúde com maior e menor coeficiente ICSAP, com os atributos necessários à atenção primária à saúde (APS). Método: Estudo descritivo, sendo a fonte de dados das ICSAP, o Sistema de Informações Hospitalares-Campinas, 2015, e a fonte de dados referentes aos atributos das unidades de saúde, a entrevista aplicada à equipe de saúde, sendo um questionário avaliando a adequação da estrutura, baseado no Instrumento de Avaliação Externa do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ) e o outro avaliando a adequação do processo de trabalho, através do Primary Care Assessment Tool PCATool-Brasil.  Para as análises estatísticas foi utilizado o teste de Wilcoxon-Mann-Whitney, sendo 5% o nível de significância adotado nos testes. Resultados: As ICSAP corresponderam a 15,6% do total de internações do município, sendo mais frequente entre os idosos (48,6%).  Não se observou significância estatística entre as ocorrências de ISCAP e os atributos da APS. Conclusão: Os achados deste estudo auxiliam na avaliação da atenção básica no Brasil.

Published
11-04-2020
Section
Original Articles