Dental care in ICUs in the presence of COVID-19

  • Aline Batista Gonçalves Franco
  • Amanda Gonçalves Franco Faculdade de São Leopoldo Mandic
  • Geraldo Alberto Pinheiro de Carvalho
  • Sérgio Candido Dias
  • Caio Marques Martins
  • Elimario Venturin Ramos
  • Fabiano Perez
  • Silvio Mecca Jr

Abstract

A cavidade oral apresenta características bastante abrangentes para o desenvolvimento de microorganismos e é considerada uma abertura para a entrada dos mesmos. Microrganismos causados ​​pela boca podem causar infecções generalizadas, como pneumonia e sepse. Em pacientes internados em unidades de terapia intensiva (UTIs), muitas dessas complicações podem ser evitadas caso o tratamento esteja vinculado a um atendimento odontológico. Esses atendimentos são feitos nas luvas e realizados por cirurgiões dentistas da UTI. Frente a Pandemia que vive nos dias de hoje, criou um protocolo de alta proteção bucal e, caso haja necessidade de intervenção odontológica na UTI, na frente de coronavírus. Dessa forma, é essencial que os cirurgiões dentistas,assim como os demais profissionais que trabalham nas UTIs no dia a dia como medidas preventivas preconizadas para diminuir o risco de contaminação e transmissão. Dessa forma, haverá mais segurança para a equipe, o paciente e o próprio profissional.

Published
30-03-2020
How to Cite
Franco, A. B. G., Franco, A. G., Carvalho, G. A. P. de, Dias, S. C., Martins, C. M., Ramos, E. V., Perez, F., & Jr, S. M. (2020). Dental care in ICUs in the presence of COVID-19. InterAmerican Journal of Medicine and Health, 3, e20200304. https://doi.org/10.31005/iajmh.v3i0.74
Section
COVID-19 in debate

Most read articles by the same author(s)